Mato Grosso:
(65) 3051-4991

Cuiabá - Mato Grosso:

(65) 3051-4991

Conheça mais sobre a erva daninha e como evitá-la

A erva daninha é uma planta que nasce espontaneamente em locais não desejados

A erva daninha é uma planta que nasce em locais inapropriados e pode interferir de maneira negativa em locais de agricultura. A vegetação possui características peculiares como crescimento rápido, excelente adaptação, curto desenvolvimento, alta dispersão e longa vida. É considerada uma praga pois retira os nutrientes do ambiente em que se instala.

Existem diversos tipos de erva daninha, que são classificadas através das suas folhas, ciclo de vida e estação de preferência:

[kkstarratings]

1) Morrião comum (Stellaria media)

Esta é a erva daninha mais comum no mundo. Sua disseminação é rápida em jardins ou áreas de cultivo. Forma um tapete denso que forma um peso negativo para as plantas ao redor. Possui flores brancas e folhas verde claro.

3) Senécio (Senecio vulgaris)

A planta é tóxica para o gado. Aparece em terrenos remexidos e com cultivo. Possuem flores amarelas que têm seu auge nos meses de março e abril. As folhas são verdes vivas e possuem cerca de 40 cm de altura.

5) Podagrária (Aegopodium podagraria)

Seus caules formam uma rede por debaixo da terra. Como as outras ervas daninhas, é invasiva e rouba os nutrientes das plantas ao redor, principalmente em jardins e canteiros. Possui cachos densos e flores brancas.

2) O cabelo de cão (Poa annua)

Essa erva daninha apresenta-se em tufos e com folhas mais claras. É uma das pragas mais resistentes e pode se alastrar em canteiros e jardins. Possui flores e sua floração pode ocorrer durante todo o ano, além da produção de sementes.

4) Agrião menor (Cardamine hirsute)

Pode invadir uma área rapidamente pois seu ciclo de vida é curto, cerca de 4 semanas. Pode criar problemas para jardins e canteiros.

Cuidar constantemente é importante

A limpeza de jardins, canteiros e áreas de cultivo de agricultura é importante para manter as plantas saudáveis. A erva daninha, infelizmente, é uma ameaça ao bom desenvolvimento destes locais, disputando nutrição, iluminação e água.

A dispersão das sementes das ervas daninhas pode ser feita pelos animais e elas podem nascer também através do próprio solo do jardim. O importante é controlá-las o quando antes, apesar da sua beleza aparente.

Conte com ajuda profissional para acabar com a erva daninha

A capina química é método ideal para controlar plantas daninhas em áreas urbanas. A Prestaserv Uniprag utiliza herbicidas específicos para manter a área saudável e limpa com alto efeito residual, além de garantir segurança ambiental e ocupacional. Não deixe a erva daninha atrapalhar o desenvolvimento de flores e vegetações diversas do seu ambiente.

Solicite um orçamento para capina química com a Prestaserv Uniprag. Possuímos expertise de atuação no mercado de pragas e vetores desde 1998 no Mato Grosso. Garantimos a segurança das pessoas e do meio ambiente com soluções inteligentes para o controle de pragas como a erva daninha.

WhatsApp